Construção civil: setor aquecido no pós-pandemia

Criado: 15 out Atualizado: 04 out

Construção civil: setor aquecido no pós-pandemia

Os dois últimos anos foram um verdadeiro desafio para diversos setores, mas não para a construção civil.

Em 2020, segundo a pesquisa realizada pela consultoria Serasa Experian, 690 mil empresas de todos os portes declararam falência. Entre janeiro e abril deste ano, o número já está em 325 mil empresas.

Em contrapartida, o segmento da construção civil cresceu 10,7% e, ainda em relação ao ano passado, de acordo com os dados divulgados pela Visa Consulting & Analytics, as compras de materiais de construção cresceram 38% no primeiro trimestre de 2021.

O motor que impulsionou este crescimento foi o de pequenas reformas

Um novo lar para uma nova rotina: a construção civil te ajuda!

Trabalho, estudo, lazer e descanso. Tudo no mesmo lugar: em casa

Nada mais natural do que desejar que o local no qual você realiza todas as suas atividades seja confortável e tenha toda uma estrutura completa para realizá-las.

Neste cenário, reformar, fazer bricolagem e decorar a própria casa virou uma das atividades preferidas dos brasileiros.

Esse fenômeno beneficiou a indústria, o comércio de materiais de construção e a construção civil.

Alguns varejistas pontuaram que o crescimento nas vendas durante a pandemia ocorreu em duas etapas: na primeira, as pessoas compraram mais tintas e artigos de decoração, na segunda, pisos, porcelanatos (azulejos), louças sanitárias e revestimentos.

Para o pós-pandemia espera-se que o segmento continue aquecido. Mas o que esperar?

Tendências da construção civil no pós-pandemia

A construção civil é o único com potencial suficiente para movimentar outros segmentos da economia brasileira.

O setor de reformas se encaixa neste segmento e, inclusive, também está em alta, sendo um dos fatores da alta dos insumos da construção. 

A projeção de crescimento nas vendas para 2021 dos associados da Febramat (Federação Brasileira de Redes Associativas de Materiais de Construção) é de 39,5%.

Mas para que esses números sejam a realidade no seu negócio, é preciso estar de olho no mercado. 

Por isso, separamos cinco tendências do segmento para você vender mais!

 

Experiência do cliente

A experiência do cliente é a principal prioridade para as empresas nos próximos 5 anos, é o que diz a pesquisa da SupperOffice.

E não seria para menos: dados da American Express mostram que 86% dos clientes estão dispostos a pagar mais por uma experiência melhor.

Ou seja, quanto melhor a experiência do seu cliente ao ter contato com a sua empresa, mais chances você tem de vender mais.

Para isso, treine o seu time para ter o cliente como foco da venda, aperfeiçoe seus processos e acompanhe seus resultados a fim de entender quais estratégias podem ser adotadas para melhorar a performance da sua loja.


Pós-venda

Na construção civil, a venda não termina quando o cliente faz o pagamento do produto que comprou, ou pelo menos não deveria.

O pós-venda também faz parte do ciclo de compra. É por meio dele que você constrói um relacionamento com o seu consumidor, além de solucionar possíveis problemas.

Fazer com que o seu cliente se sinta especial é uma boa estratégia para fidelizá-lo, estimular novas compras e ainda torná-lo um promotor da sua empresa.


Desenvolvimento de líderes e gestores

É comum que pequenas empresas tenham o dono como o principal gestor

Dificilmente outra pessoa tocará seu negócio como ele, porém isso não quer dizer que seja um ponto positivo para a empresa, funcionários e clientes.

É necessário delegar tarefas e, consequentemente, investir em líderes capacitados que sejam capazes de implementar soluções modernas, inovar, automatizar, planejar e gerir a loja, as pessoas e o estoque.

Tudo isso sem perder a essência e identidade da sua marca.


Digitalização

Em relação ao ano passado, as compras de materiais de construção cresceram 38% no primeiro trimestre de 2021 e 74% dessas vendas foram feitas por canais digitais, aponta o estudo da Visa Consulting & Analytics. 

Quem teve a tecnologia como uma aliada no início da pandemia, por exemplo, saiu na frente. Ainda dá tempo de estruturar seu e-commerce, marketplace e redes sociais.

Lembre-se: quem não é visto não é lembrado.

Novas práticas

Um novo consumidor exige novos processos e para isso você precisa entender o que o seu público precisa.

Um bom caminho para isso é a pesquisa de satisfação, onde seus clientes poderão te dizer os melhores caminhos para atender às suas necessidades.

O setor da construção civil tem grandes expectativas de crescimento para este ano e tem espaço para os pequenos, médios e grandes negócios.

Ao implementar uma cultura de desenvolvimento e atualização constantes em sua empresa, se torna possível ter visibilidade em um mercado competitivo e  obter grandes resultados.

E para ajudar ainda mais nessas questões, porque não começar uma nova prática voltada para parcerias? Ter um parceiro pode te ajudar a alcançar visibilidade no mercado, como citado acima. 

Além disso, é possível aumentar seu lucro e simplificar o estoque da sua loja para entregar a melhor organização para o seu cliente. E com o É da Casa como parceiro, isso se torna realidade. 

Saiba mais sobre a nossa proposta de parceria e comece agora mesmo a estar um passo à frente da concorrência:

Uma das tendências da construção civil são as novas práticas, e por que não começar uma parceria conosco? Saiba mais!

O que você está
esperando para
ser nosso parceiro?

O que você está esperando para ser nosso parceiro? Cadastre-se!
  • Compartilhe

Por dentro do nosso instagram

© 2021 É da Casa - Todos os direitos reservados. | Desenvolvido por Layer UP